CRÍTICA: ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM

sexta-feira, março 03, 2017

Lançamento: 17 de novembro de 2016 (2h 13min)
Direção: David Yates
Nacionalidade: EUA, Reino unido

Ano de 2011, depois de assistir o último filme da saga Harry Potter no cinema (Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2), que eu achei que minha vida estaria perdendo o sentido sem os filmes da J.K Rowling, que todo aquele lado mágico seria esquecido e que eu nunca mais veria qualquer história escrita por ela nos cinemas.


Foi então que, em 2013, a Warner Bros. anunciou que estaria criando uma adaptação de Animais Fantásticos e Onde Habitam, inspirada no estudioso Newt Scamander (autor do livro didático adotado em Hogwarts), e que o filme seria uma trilogia, entretanto J.K deixou bem claro em um Tweet na sua conta oficial do Twitter que agora vai ser um franquia de cinco filmes, onde Newt viajará por cinco continentes em busca de suas 75 criaturas mágicas. Toda a história se passará 70 anos antes de Harry Potter.

A aventura começa quando Newton Scamander (Eddie Redmayne) chega em Nova York, carregando uma maleta cheia de animais fantásticos. Entre um feitiço e outro, Newt acaba se esbarrando com Jacob (Dan Fogler), um “trouxa” ou “no-maj”, como eram chamados os não bruxos nos EUA, que por sua vez também carregava um maleta, porém cheia de pães e doces, pois estava tentando conseguir um empréstimo bancário para abrir sua confeitaria.

No convívio de encontros com o no-maj, eis que os dois acabam trocando de mala. Newt logo percebe e vai atrás de Jacob, que sem querer acaba soltando algumas criaturas mágicas que se eespalham por toda a cidade.

Enquanto isso, Tina (Katherine Waterston), uma bruxa que já trabalhou no Congresso Mágico dos Estados Unidos da América (MACUSA), observa os dois de perto, durante o tempo que toda aquela magia acontecia entre um bruxo e um não bruxo em plena luz do dia.

Quem já assistiu HP sabe que qualquer tipo de magia perto de um trouxa não é permitida. 

J.K, ao meu ver, conseguiu expandir o universo do bruxo Harry de todas as formas certas. É um fenômeno (e o mais lucrativo da história)! 

Tinha como deixar esse fenômeno acabar em 2011? Não, não tinha como. Ela renasceu, e fez sua estreia no teatro como roteirista em “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada”, e agora com essa saga que não podemos esperar menos da escritora que mudou a vida de muitos com uma escrita mágica.

Em relação aos personagens: me apaixonei por todos, não teve como ter um favorito, ainda. Claro que Newt é o principal, e ele continuará nos próximos filmes, como a criadora dos contos afirmou em seu Twitter oficial para uma fã.

Caso você esteja esperando que apareça em alguma cena a Hermione andando de mãos dadas com Ronald Weasley pelas ruas, stop! Não vai ter. Não terá nenhum ator da saga Harry Potter. A história é em uma época diferente, com um enredo diferente. Claro que o nome de alguns personagens de HP podem ser mencionado, mas que ligado em cada detalhe.

NOTA:

🎬 🎬 🎬 🎬 🎬

You Might Also Like

0 comentários